A bicicleta de 150.000 reais

Ensinei às minhas filhas e a quem trabalha comigo que:

Há pessoas que passam pelo mundo e deixam marcas importantes.

Outros nada produzem de relevante e alguns deixam cicatrizes.

Nós escolhemos a que grupo queremos pertencer.

Recentemente, acompanhei a jornada de um projeto inovador de conteúdo para a área da Saúde e fiquei muito feliz por ver que uma dessas pessoas que fazem parte da minha trajetória profissional está no primeiro grupo.

Porém, o que mais chamou minha atenção, no caso, foi o quanto ela teve que se esforçar, lutar e brigar para conseguir realizar o projeto. Ela teve que querer muito. A luta foi muito maior do que aquilo que deveria ser necessário.

Felizmente, no aspecto técnico, ela contou com o auxílio luxuoso de duas pessoas que se empenharam pessoalmente para que as coisas dessem certo, os três juntos a favor da inovação e da mudança de mentalidade na empresa.

Processos e recursos são fundamentais, mas não são tudo. Vou dar um exemplo. Um amigo meu, ciclista esportivo como eu, comprou uma bicicleta de 150.000 reais porque ela é dois quilos mais leve do que a anterior que ele tinha. A ideia era que isso melhorasse os tempos dele. Melhorou, de fato, mas apenas 0,5%.

O interessante é que esse amigo está 10 kg acima do peso. Se tivesse perdido dois quilos corporais, teria alcançado o mesmo resultado, economizaria 150.000 reais e, não menos importante, melhoraria sua saúde.

E o que isso tem a ver com as empresas? Tenho presenciado diversas situações em que se acredita que, a partir do emprego de um novo sistema ou recurso inovador —— que não raro é custoso — haverá algum incremento milagroso nos resultados financeiros.

Particularmente, sou cauteloso quanto a isso. Recursos e ferramentas administrativas são como uma bicicleta de 150.000 reais: não fazem milagre. Para dar resultado, uma ferramenta é apenas isso, um recurso que faz parte de um conjunto. Se não mudarmos a mentalidade, ela, sozinha, trará resultados pífios.

Como na frase creditada a Einstein: “Insanidade é continuar fazendo sempre a mesma coisa e esperar resultados diferentes”.

Imagem representativa do mito de Sísifo criada por intermédio de inteligência artificial.

Envie um comentário

Copyright © 2022 | e-Clix | Consultoria Editorial | Todos os direitos reservados

Planejamento e desenvolvimento do site: e-Clix